Segunda, 15 de Julho de 2024
24°

Tempo nublado

Simões Filho, BA

Saúde Amazonas

Mais de 9,8 mil consultas foram realizadas no Amazonas através da Telessaúde, no primeiro semestre de 2024

FOTO: Divulgação/SES-AM

11/07/2024 às 14h49
Por: Redação Fonte: Agência Amazonas
Compartilhe:
Foto: Reprodução/Agência Amazonas
Foto: Reprodução/Agência Amazonas

FOTO: Divulgação/SES-AM

No primeiro semestre deste ano, 9.806 pessoas receberam atendimento médico, no Amazonas, através da Telessaúde, serviço que oferece consultas em 12 especialidades e que já alcança 42 municípios. Os dados são da Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM), responsável por acompanhar os atendimentos e analisar as demandas dos municípios.

O serviço faz parte do programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (Proadi-SUS), do Governo Federal, voltado à realização de consultas por Telemedicina. O projeto é desenvolvido em conjunto com a Agência Albert Einstein, e o Governo do Amazonas aderiu ao programa em 2020, atuando como parceiro da iniciativa. A ampliação da oferta de atendimentos à população é uma estratégia que faz parte do Programa Saúde Amazonas, desenvolvido pela SES-AM.

Em comparação com 2023, o crescimento no número de atendimentos, este ano, foi de 32,98%, no período de janeiro a junho. Em 2023, 7.374 pessoas foram beneficiadas com os teleatendimentos. Já em comparação com 2022, o aumento foi de 197,7%. No primeiro semestre de 2022 foram registrados 3.293 atendimentos.

Dentre as 12 especialidades ofertadas pelo sistema de Telessaúde, a maior demanda, este ano, foi para psiquiatria clínica, com 1.941 consultas. Em seguida, vem neurologia pediátrica, com 1.934 atendimentos, e neurologia clínico adulto, com 1.374.

De acordo com a secretária de Estado de Saúde, Nayara Maksoud, os atendimentos através da Telessaúde estão inseridos no programa SUS Digital e o objetivo maior é ampliar o acesso da população a consultas com especialistas.

Foto: Reprodução/Agência Amazonas
Foto: Reprodução/Agência Amazonas

FOTO: Divulgação/SES-AM

“O Governo do Amazonas tem trabalhado cada vez mais para que os moradores do interior tenham acesso a consultas com especialistas de diversas áreas, em seu município, e a Telessaúde é uma estratégia muito exitosa nesse sentido, proporcionando à rede de saúde chegar de forma resolutiva às comunidades”, afirmou.

Segundo a secretária executiva de Atenção Especializada e Políticas de Saúde da SES-AM, Laís Moraes, o Amazonas tem buscado parcerias cada vez mais fortes com instituições de referência filiadas ao Serviço Único de Saúde (SUS), para aprimorar a incorporação tecnológica e o SUS Digital é um exemplo nesse sentido. “É uma estratégia eficiente, diante das dimensões geográficas do estado”, ressaltou.

Especialidades disponíveis

Dentre as especialidades disponibilizadas no sistema de Telessaúde estão: cardiologia, endocrinologia, neurologia pediátrica, pneumologia, neurologia, endocrinologia pediátrica, psiquiatria, pediatria, gastroenterologista pediátrica, reumatologia, gastroenterologia e infectologia.

O sistema de Telessaúde tem como finalidade a expansão e melhoria da rede de serviços de saúde, sobretudo da Atenção Primária à Saúde (APS), reduzindo tempo de espera para atendimentos ou diagnósticos especializados e evitando os deslocamentos desnecessários de pacientes e profissionais de saúde.

O sistema foi criado como um projeto para ampliar o acesso aos atendimentos, para os estados das regiões Norte e Centro-Oeste, devido as distâncias demográficas.

Foto: Reprodução/Agência Amazonas
Foto: Reprodução/Agência Amazonas

FOTO: Divulgação/SES-AM

Os municípios que já oferecem consultas por Telemedicina são: Alvarães, Anori, Apuí, Atalaia do Norte, Barcelos, Beruri, Boca do Acre, Borba, Canutama, Carauari, Careiro Castanho, Careiro da Várzea, Codajás, Eirunepé, Envira, Guajará, Humaitá, Ipixuna, Itapiranga, Juruá, Jutaí, Lábrea, Manaquiri, Manaus, Manicoré, Maraã, Nova Olinda do Norte, Novo Airão, Novo Aripuanã, Parintins, Pauini, Santa Isabel do Rio Negro, Santo Antônio do Içá, São Paulo de Olivença, São Sebastião do Uatumã, Silves, Tapauá, Tefé, Tonantins, Uairini, Urucará e Urucurituba.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários